Recuperação de cabelo versão “Low Cost”

Sim, é possível recuperar um cabelo danificado sem gastar muito dinheiro. Existem atualmente bons produtos à venda em grandes superfícies e mesmo em lojas especializadas a um baixo preço, que quando utilizados adequadamente, permitem obter bons resultados.

O primeiro passo é a escolha de um bom champô. Já vimos aqui que os sulfatos presentes na grande maioria dos champôs são elementos altamente responsáveis pelo ressecamento da fibra capilar, o que resulta no seu dano progressivo. Assim, o ideal é escolher formulações com um teor baixo de sulfatos.

O champô Tresemmé Liso Keratina – segundo a formulação com um baixo nível de sulfatos – é uma boa opção para quem tem o cabelo liso natural, ou alisado e o pretende manter assim por mais tempo:

tresemme

Para quem prefere o cabelo ondulado, a L’Oreal traz uma gama de champôs sem sulfatos, a linha “Hair Expertise”, à venda também nas grandes superfícies:

lorealeverpure

Esta linha também já foi mencionada aqui.

Passando aos tratamentos amaciadores/reconstrutores…

Para recuperar o cabelo é necessário investir numa boa máscara de tratamento. Na Pluricosmética, temos o tratamento Repair Rescue, da Schwarzkopf, que segundo a marca “apresenta uma poderosa combinação de queratina hidrolisada e um componente de lípidos que restaura a camada protetora de cabelo virgem” e  que “(…) repara o cabelo ao preencher as lacunas estruturais, recupera a elasticidade, fortifica e confere brilho profundo em todos os tipos de cabelo”.

schwarzkopfrepairrescue

Podem conferir mais opções de reconstrução capilar (mas não tão “low cost”!) aqui.

Outra opção também igualmente acessível e muito eficaz é a utilização de óleos para nutrir e recuperar o cabelo. O óleo de côco pode ser comprado em supermercados, e quando aplicado devidamente, permite transformar o cabelo estragado num cabelo nutrido, forte e brilhante.

É importante relembrar que recuperar um cabelo danificado e sem vida exige tempo e muita paciência. Os resultados só começarão a ser visíveis após algumas semanas de tratamento. Quem está habituado a lavar o cabelo no duche pela manhã (e aplicar um pouco de condicionador nas pontas) vai perceber que terá que mudar de hábitos, se quer “salvar” o cabelo! O ideal é guardar estes tratamentos profundos para o fim de semana.