A Reconstrução

A reconstrução é provavelmente a fase que mais impacto tem no Cronograma Capilar.

Nesta fase os tratamentos têm como função principal a reconstrução da fibra capilar – constituída por proteínas e aminoácidos – que vai sendo perdida por ação de processos químicos (pinturas, alisamentos) ou mesmo por ação do cloro, poluição ou raios solares.

Assim, está especialmente indicada para cabelos que se apresentam fracos, finos e quebradiços.

As máscaras de reconstrução apresentam normalmente estes ingredientes na sua composição:

Queratina (Hydrolyzed Keratin), Creatina (Creatine), Arginina (Arginine), Cisteína (Cysteine) e Colagéneo (Hydrolyzed Collagen Protein).

Os elementos reconstrutores (em especial a queratina) agem no interior da fibra capilar, e são responsáveis pela ligação entre as moléculas existentes no cabelo – tornando assim o cabelo mais forte, encorpado, resistente e com mais elasticidade.

E estas são algumas das máscaras de reconstrução mais recomendadas:

mascaras_reconstrucao

As máscaras da imagem são:

Kérastase Resistance Therapiste

Schwarzkopf Bonacure Repair Rescue

Schwarzkopf Bonacure Fibre Force (Pluricosmética, indisponível no website no momento desta publicação)

Redken Extreme Strength Builder

É importante referir que, quando o cabelo é tratado com demasiados produtos reconstrutores, ocorre frequentemente um “endurecimento” e ressecamento da fibra capilar. De facto, quando o cabelo está bastante danificado, são recomendadas reconstruções frequentes. Mas quando o cabelo começa a revelar-se progressivamente mais saudável, o ideal é aumentar os intervalos entre as reconstruções, intercalando esta etapa com hidratações e nutrições.

Estas máscaras podem ser compradas em Salões Autorizados, na Pluricosmética e no website Lookfantastic (e as imagens também foram retiradas daqui).
Para saber mais sobre os produtos da Kérastase em português, clique aqui e sobre a Redken, também em português, aqui.

Anúncios

4 thoughts on “A Reconstrução”

    1. Olá Sandra, peço desculpa pela demora na resposta! A maioria das máscaras capilares (não só as reconstrutoras, como as máscaras de nutrição ou hidratação) incluem nos seus componentes silicones ou óleos minerais – que apesar de não serem prejudiciais ao cabelo, como viu no post sobre o No/Low Poo criam uma camada na superfície do fio do cabelo que esconde os danos, e só sai com sulfatos. Se fizer uma pesquisa no Google pelo nome da máscara e à frente “ingredients” (é mais provável encontrar posts sobre isto em inglês) vão aparecer-lhe algumas imagens. Das máscaras que publiquei, encontrei estas:




      Como vê, todas elas têm pelo menos um componente contra-indicado para o No Poo. A maioria dos seguidores do No Poo não utiliza máscaras capilares, pois já hidrata o cabelo com o condicionador, e ocasionalmente com hidratações com óleos vegetais. Mas como a técnica Low Poo permite sulfatos (ainda que leves, e em menor quantidade) à partida qualquer máscara poderá ser utilizada.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s